terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Mais um ano de Portela

Não sei de onde partiu meu amor pela Portela. Meu pai torcia pela Mangueira. Minha mãe sempre foi Beija-Flor. Algo me diz que foi a beleza da Águia que me enfeitiçou. O fato é que desde pequena eu ficava acordada à noite toda - pelo menos eu tentava ficar - só para ver a Portela passar. Lembro da minha mãe dizendo: "vai dormir que quando for a vez dela, eu te acordo". E eu sempre respondia: "Não, mãe. Quero ver todas pra ter certeza que nenhuma foi mais bonita que ela".
Isso desde bem jovem, acredita? Incrível. Eu tomava café, lavava o rosto, fazia de tudo pra não dormir. Aí, quando começavam os fogos e a águia aparecia na Sapucaí, era batata: meus olhos se enchiam de lágrimas.
Mas eu já fiz 32 anos, ou 30 e uns, pra valorizar o nome do blog, e nunca vi minha Portela ganhar. Nos últimos anos nem sempre fiquei acordada para vê-la - ah, faltou dizer que eu acompanhava a apuração também. Com caneta e papel na mão, marcando ponto a ponto e sempre saíndo frustrada no final - enfim, como sempre digo nesse blog, eu cresci. Mas ainda gosto da minha Portela. E este ano, depois de muito tempo, vou ficar acordada para vê-la. Sem grande esforço, já que o trabalho em jornalismo me fez virar uma pessoa da madrugada. Sem também me preocupar em ver as demais (não vi nenhuma desfilar ontem). Mas com o carinho de sempre. E que venha a Portela! Um dia ela ainda vai ganhar, aliás, por que não este ano??

2 comentários:

Delírio Coletivo disse...

Nem Portela e nem Magueira (escola que eu torço).
Vamos esperar ano que vem ;)

Ana disse...

Pois é, Drika. Não foi dessa vez. Mas pelo menos a Portela ficou em terceiro, aliás, praticamente em segundo (um décimo apenas de diferença!!!!!). Boa sorte pras nossas escolas ano que vem!!!