domingo, 26 de julho de 2009

Roberto Carlos, o rei???

Sou de uma geração que cresceu entre discos - de vinil - do Roberto. Isso porque as mães das crianças que nasceram no final dos anos 70 - incluindo a minha mãe - eram muuuuiiito fãs do rei. Talvez por isso, entre os filhos, a moda - desde aquela época - era dizer que ele era brega. "Roberto Carlos? Arg! Detesto!"
Aquele negócio de ser do contra, sabe?
Mas foi só crescer um pouquinho e arrumar o primeiro amor platônico pra começar a entender... afinal, quem resiste a músicas como Amor Perfeito, Olha, Eu te amo e Como é Grande o Meu Amor Por você?
Não demorou muito pra eu ter meu coração partido pela primeira de tantas vezes. Aí foi tempo de entender Detalhes, Outra Vez,Do fundo do meu coração e As canções que você fez pra mim... e - aqui pra nós - foi ficando cada vez mais difícil dizer que ele era brega. Aí eu cresci um pouquinho mais e comecei a ficar ruborizada ouvindo músicas como Cavalgada e Côncavo e o Convexo. "Roberto Carlos? Brega, brega e brega!!!!" mecanismo de autodefesa ativadíssimo!!!
Pois é, depois ele fez questão de contribuir para o preconceito das gerações posteriores, caindo na fase das músicas para as baixinhas, gordinhas, de óculos e por aí vai.
Hoje, no início da minha fase de 30 e uns, só posso dizer que não importa o que ele faça de besteira de hoje em diante. O Roberto já está na história de amor de cada brasileiro, inclusive dos que odeiam o rei. No fundo, nem eles resistem a poesia dos bons tempos do cantor mais popular desse país.
Por mim, só o fato dele ter escrito a música Outra vez já o faz merecedor de todas as homenagens que prestaram ao artista este ano, por conta dos 50 anos de carreira dele. Se eu acho que ele é o rei? Não, não é. Mas faz parte da realeza brasileira, assim como o ma-ra-vi-lho-so Chico Buarque (que merece um post só pra ele tb) e tantos outros que nos fazem acreditar que o amor - e suas consequências boas e ruins - chega um dia pra todos nós.
Quem tiver coragem pode clicar no vídeo abaixo (prometo que não conto pra ninguém que vc fez isso - afinal, o Roberto é breeeeeeeeeega! rsrsrs)

6 comentários:

Tiago Nomack disse...

Bom.. pra mim ele sempre vai ser o rei dos especiais de final de ano UIAHUIAHuIHAuiHAUA
nunca vi um artista pra ter tantos especiais na epoca de natal ehehehehhe

J.BOSCO disse...

Quem nunca ouviu um Robertão que atire a primeira pedra...rss
abraços

Martoni disse...

Igual eu, gostando cada vez mais.

Martoni

Delírio Coletivo disse...

Eu gosto de Roberto Carlos. E pode me chamar de brega. Rs.
Gosto mais da fase antiga, antes da Maria Rita. Depois ele ficou mto depressivo. Só agora que pareceu voltar à vida, digamos assim :)

Dulcivania Freitas disse...

Eu amo Roberto Carlos, sempre amei, nunca escondi isso nem no curso de comunicação, onde o povo dizia que detestava eheehehe inclusive meu TCC foi sobre o REI. Até entreguei uma cópia pra ele, te mete..kkkkkkkkk

p.s.: só uma ressalva, a letra de Outra Vez é de Isolda, ela fez especialmente pra Roberto gravar.

Beijossss

Ana disse...

Verdade, Dulci! Obrigada pela lembrança!